fbpx

Carreira após os 40 anos. Como se preparar para sua próxima recolocação?

Diversos profissionais, ao passar dos anos em corporativas, acabam percebendo a insatisfação e o almejo pela mudança. A carreira não pode ser algo que lhe deixe desconfortável ou algo apenas para o custeio das despesas familiares. A carreira após os 40 anos é possível e traz chances de descobertas em outros setores que o atual.

A insatisfação é uma das principais características desses colaboradores. Para tanto, é preciso mudar e estar preparado para as novas situações. Ao detectar-se os detalhes que desmotivam, faça anotações sobre o que quer melhorar.

Novidades são necessárias

Não é preciso se sentir mal em virtude da mudança de carreira ou de organização. É importante lembrar que tudo, geralmente, possui um prazo na vida, e muitos entre a faixa etária dos 40 anos estão tomando a atitude, quebrando paradigmas no universo corporativo.

Para que você esteja apto a fazer a carreira após os 40 anos, é imprescindível seguir algumas dicas. Acompanhe:

  • descubra um segmento que lhe agrade;
  • busque a orientação da carreira;
  • faça a atualização de treinamentos e de dados;
  • atualize o seu currículo;
  • procure um especialista headhunter;
  • cadastre o seu perfil na plataforma do LinkedIn;
  • busque indicações para os amigos;
  • crie uma rede nova de contatos relacionados a profissão;
  • faça avaliação da demanda de mercado que quer iniciar;
  • guarde dinheiro para suprimento deste novo início.

Um fato essencial que grande parte dos profissionais ignora é o tempo. É preciso de tempo para mudar e construir um novo início. É preciso de tempo para o aprendizado de um novo caminho e profissão, e mais algum tempo para viver disso.

Portanto, promover planejamentos é extremamente relevante nesta fase. Se tiver um dinheiro guardado para se manter durante esse tempo, capriche no foco em relação a mudança. Se há a necessidade de trabalhar para continuar em dia com as despesas, opte pela mudança gradual, dedicando-se aos poucos aos novos planos.

Aqui estão algumas dicas para a recolocação no mercado de trabalho após os 40:

Organização das finanças

Esta é uma etapa essencial para se preparar e dedicar-se a nova carreira. Dessa forma, os riscos são menores de ficar desesperado em relação as suas despesas e o emocional ficará mais estável para esse novo desafio.

Atualização curricular

Após uma reflexão sobre suas experiências e capacitações, atualize o seu currículo. É importante ressaltar os resultados obtidos e alimentar as redes sociais – Linkedin – além de manter um portfólio consistente, caso seja necessário. Se você é um candidato a determinada oportunidade, é importante fazer a adaptação do currículo para apresentar experiências que tenham a ver com o cargo pretendido.

Palestras e cursos

Faça uso do seu tempo livre e dedique-se a desenvolver um trabalho com continuidade. Cursos e palestras da área pretendida são de fato muito importantes para essa nova etapa. Além do aumento da rede de contatos, procure estudar e aprender sempre mais.

Chances temporárias

Surgiu a oportunidade em caráter temporário? Não ignore a opção. É possível que ela seja a abertura para uma ocupação efetiva, no futuro. Além disso, se não for o caso, pelo menos você está adquirindo experiências para o currículo.

Outplacement e head-hunters

A depender do posicionamento ocupada na empresa anterior, é possível receber um suporte da consultoria de outplacement profissional. Além de auxiliá-lo na preparação curricular, consultorias costumam assessorar os procedimentos seletivos, bem como promover indicações.

Há também a possibilidade de fazer o contrato dos serviços de forma particular e individual, contatando head-hunters e companhias que recrutam e selecionam talentos.

O importante é não parar! Deixar o comodismo e a insatisfação de lado para percorrer novos rumos é imprescindível para se obter sucesso, tanto na vida profissional quanto na vida pessoal.

 

Deixe uma resposta